Arquivo | Uncategorized RSS feed for this section

Silvestr v Praze*

8 dez
*Ano novo em Praga: Os tchecos tradicionalmente chamam o ano novo de Silvestr, ou festa de são Silvestre.
 

Um dia você olha no calendário e é janeiro. Quando você reparar de novo, janeiro já tá quase aí de novo, pronto pra te dar um soco no olho e te deixar pensando no que você fez durante o ano até o próximo ano vir te nocautear novamente.

Mas antes disso tem as festas! No ano passado nós falamos um pouco sobre o natal na república tcheca e demos algumas dicas de como aproveitá-lo por aqui. Aí, num dos comentários alguém nos perguntou sobre o que tem para fazer no ano novo em Praga e, nesse ano, como iremos vamos ficar aqui para a ocasião, tive que pesquisar também.

A atração central são os fogos de artifício à meia-noite. Os fogos são lançados em cima do rio Vltava, bem no centro da cidade. Qualquer lugar no centro, perto do rio tá valendo, mas os lugares tradicionalmente mais cobiçados para se ver os fogos são o parque Petřín, O Castelo de Praga e a ponte Carlos. Mas estando perto da ponte Carlos já vale, em qualquer lugar por lá dá pra aproveitar numa boa! Tem muito restaurante e barcos nessa região com vista para os fogos que fazem ceia e festa.

Na praça velha (Staroměstské Náměstí) também tem fogos, mas ali a coisa é um pouco mais doida, parecida com Amsterdam (mas numa escala muito mais, digamos, civilizada): pessoas bêbadas lançando fogos para tudo quanto é lado, não necessariamente pra cima. Alguns desvios talvez sejam necessários. E costuma lotar bastante.

Se você for passar a virada do ano novo na rua, não se esqueça de comprar sua garrafa de champagne para brindar o ano novo, que nem fizemos no nosso primeiro reveillon aqui.

Pra quem gosta de festas de ano novo, haverão muitas pela cidade. Pra ajudar, achei uns sites com algumas programações, mas como essa não é muito a minha praia, quem quiser vai ter que fazer a pesquisa própria pra ver o que atrai..

Boas festas!

Tempo de piscina?

6 jul

Depois das últimas semanas, acho que agora sim esquenta de vez. Quero dizer, talvez. Possivelmente?

No ano passado o inverno foi mais frio, o verão mais quente. O clima desse ano tem se mostrado um pouco diferente. O inverno me pareceu que passou mais rápido e, até agora, a primavera me pareceu mais quente que o verão.  Esse mês de junho passado choveu tanto e ventou tanto, que pensei que o verão tivesse passado batido por Praga. Mas eu me precipitei, afinal, junho é só o comecinho do verão.

A previsão do tempo ainda promete algumas chuvas – e tempestades de verão – nas próximas semanas, *especialmente* nos fins de semana, mas promete também dias mais quentes e ensolarados. Não que eu seja fã de calor, mas é que aprendi a apreciar as estações do ano. Hoje conversava com o Badá e chegamos à conclusão que aproveitamos muito pouco o verão do ano passado. Tudo bem, tava um calor dos infernos, daquele que você sai de casa e já começa a derreter, mas tem que caçar atividades adequadas para tal – fazer uma trilha no meio das árvores, ir pra piscina, ou qualquer outra coisa que não dê pra fazer nas outras estações – o que não fizemos. O calor era como uma barreira na porta de casa e demos muito mole de não enfrentá-lo. Acho que nosso “desprezo” pela estação do sol se deu pelo fato de virmos de um país tropical, onde há sol e calor o ano inteiro. Pode-se dizer que estávamos mal-acostumados com a presença do sol.

Esse ano nós nos prometemos que será diferente.

Continue lendo

Guest Post no Ducsamsterdam

29 maio

Post completamente atrasado por correria e relapso, desculpe Daniduc!

Fizemos um guest post no Ducsamsterdam dando dicas de como aproveitar o sol da primavera/verão em Praga. Dêem uma conferida!

Hóquei (ou: “SPARTAAAA!!!”)

22 jan

Ontem fomos ver um jogaço: Sparta x Slavia! Clássico!

São os dois times de hóquei de Praga na “primeira divisão” da República Tcheca (chamada de Extraliga), e quando se enfrentam, especialmente quando é parte de um campeonato, como ontem, vale a pena ver nem que seja só pela comoção.

O jogo foi bem bom, o Sparta ganhou de 3 x 0 e se redimiu aos meus olhos. Sem ofensa, mas eu já tinha assistido a três partidas do Sparta, na casa deles (o Tesla Arena), e eles perderam as três. Se perdessem do Slavia de novo, eu já estava pronto para jogar a camisa que eu não tenho no chão enfurecidamente e rasgar a carteirinha de membro do fã-clube, se eu a tivesse. Eu sei, eu sei, um verdadeiro fã está com o time nas fases ruins e blá blá blá. Mas considerando que eu escolhi o “meu” time meio que no cara-ou-coroa (o primeiro jogo para o qual eu consegui ingresso foi do Sparta, então Sparta eu era), não via grandes conflitos morais em fazer pelo menos uma melhor de três.

Essa foto eu tirei em outra ocasião (em que o Sparta perdeu...), é só para mostrar como é o Tesla Arena por dentro.

 

Mas isso é passado! Sparta 3 x 0 nos coxinhas do Slavia! Rarrarrá!

Continue lendo

Cinema (e similares) em Praga

3 jan

Este post não é sobre cinema tcheco, nem sobre cinemas em Praga. Tem muito para ser dito sobre esses assuntos, mas agora eu estou falando sobre outro fenômeno. Durante 2010, vimos várias vezes nas notícias daqui fotos, fofocas e informações quaisquer sobre o Missão Impossível 4, que foi (está sendo?) filmado em Praga. Depois, ficamos sabendo de mais um filme, e mais um, e ficamos nos perguntando se era coincidência, ou se nós é que não estávamos por dentro de algum segredo conspiratório da indústria cinematográfica.

Umas fuçadas mais tarde, e eis aqui um resumo do que sabia e do que descobri.

Continue lendo

Natal na República Tcheca

6 dez

É, dezembro chegou. Chegou com frio (bom), neve (excelente) e feriados (excelente)!!!!

Como em qualquer lugar diferente, existem tradições natalinas locais próprias. Como uma boa imigrante, aprender sobre a cultura local é bastante importante para entender o que se passa na rua. Então, vamos às tradições tchecas de dezembro/natal:

4 de dezembro: Dia de Santa Bárbara

É costume neste dia pegar um ramo de cerejeira e colocar num copo d’água e deixá-lo na cozinha. Se o ramo florir, é sinal de boa sorte. Se quem pegou o ramo for uma mulher solteira, é sinal de que a desesperada vai arrumar marido.

ramo de cerejeira que pegamos de uma cerejeira na rua.

Continue lendo